Portal de Turismo do ES

Sobre Dieta Low Carb 

A dieta se tornou super famosa pela rapidez dos resultados e por ser super gostosa de se fazer, mas lembrem-se procurem um profissional para realizar seus cálculos de necessidades e acompanhamento durante todo o processo. Emagrecer com saúde é o mais importante. 

0 117

Vamos falar um pouco sobre a dieta Low Carb?

Muita gente já conhece, pois virou a dieta queridinha do momento. Mas ainda existe muita dúvida ao redor dela, vamos esclarecer algumas das mais comentadas e ao longo das matérias vamos esclarecer mais outros pontos importantes.

O que é a dieta Low Carb e quais os alimentos que  se deve retirar do cardápio!

O nome já diz: baixo carboidrato, o que significa que a dieta Low Carb não é a exclusão desse macronutriente e sim, a redução do mesmo ao longo do dia. Sim, o pãozinho nosso de todo dia é o primeiro a ser excluído dessa dieta, carboidratos simples como o: arroz, batata inglesa, farinhas brancas, biscoitos, cerais também devem ser excluídos. Algumas frutas ricas em carboidratos também devem ser retiradas do cardápio do dia a dia. A Low Carb preconiza a ingestão de alimentos titulados como ”comida de verdade”, aqueles menos processados, quanto menos industrializados na dieta melhor, só isso já leva essa dieta a ser uma excelente opção para saúde devido a redução de ingredientes de má qualidade e prejudiciais ao nosso corpo. Além de incentivar o consumo de verduras, legumes e ingredientes artesanais produzidos por pequenos produtores.

Tá, mas se excluímos o carboidrato, qual será nosso fonte de energia para as tarefas dos dia a dia e funcionamento do nosso organismo?

A base da dieta são gorduras boas e proteínas, como a ingestão de carboidratos é limitado e não é o suficiente para a produção de energia o nosso corpo utiliza a gordura e a proteína para essa função, principalmente a gordura. Daí o motivo da perda de peso ser tão rápida nessa dieta. Claro que para cada pessoa existe a quantidade de limitação de carboidratos na dieta e pra isso é de extrema importância o acompanhamento com um profissional, pois com a retirada de carboidrato, no início, alguns efeitos colaterais podem ocorrer: dor de cabeça, enjoo, insônia e irritabilidade são alguns dos sintomas, e o acompanhamento com um profissional vai te ajudar a diminuir esses sintomas e a entender o que é melhor pra o organismo dele.

Então quais são os alimentos indicados para essa dieta?!

Legumes e verduras de baixo carboidrato: cenoura, beterraba, vagem, brócolis, couve-flor, rabanete, entre outros são de baixo carboidrato e podem ser incluídos mais vezes na dieta.

Vegetais como: batata doce, aipim, inhame, batata baroa, abóbora são mais ricos em carboidratos, mas também podem ser incluidos na dieta de forma mais regrada.

Folhas podem ser consumidas a vontade, pois quase não possuem esse nutriente.

As proteínas estão liberadas, ovos, carne de boi, frango, porco são ricos em proteína e gorduras boas. Peixes e frutos do mar também são ótimas opções para compor as refeições.

Frutas são mais restritas pois a sua composição é basicamente de carboidratos , as mais indicadas são: o abacate, o coco, o limão e as frutas vermelhas como o morango, a amora e a framboesa.

Deve-se utilizar o óleo de coco, azeite ou manteiga artesanal (pois possui menos ingredientes nocivos a saúde, como aditivos e conservantes) para o preparo e tempero dos alimentos. Queijos gordos e nata também são utilizados nessa dieta.

Em resumo, a dieta se tornou super famosa pela rapidez dos resultados e por ser super gostosa de se fazer, mas lembrem-se procurem um profissional para realizar seus cálculos de necessidades e acompanhamento durante todo o processo. Emagrecer com saúde é o mais importante.

 

Comentários
Loading...
X